Os carros elétricos já são um realidade no Mundo e muitas vezes nos perguntamos o porque eles já não tomam conta do mercado de uma vez por todas. Bom, como toda mudança de tecnologia, ela deve ser bem estruturada pois a cadeia de fornecedores/clientes se altera completamente e muitos contratos são firmados a longo prazo, o que pode retardar um pouco o processo. Pensando nisso, as empresas (montadoras) vem se organizando para um futuro próximo, fazendo que sua frota seja parcial ou completamente elétrica. Foi o que ocorreu com a Volvo, que anunciou recentemente: Todos os carros da Volvo serão elétricos ou híbridos a partir de 2019.

Outro aspecto técnico que também deve ser considerado é a capacidade tecnológica dos fornecedores. Existem tecnologias que atendem as expectativas do mercado hoje? Se existem, os fornecedores tem capacidade de entrega suficiente e dentro do prazo? Grandes montadoras como a Volvo, tem alta demanda de insumos para a fabricação de seus veículos.

Carros da Volvo serão elétricos ou híbridos a partir de 2019

A Volvo, se preparando para todo o cenário descrito acima, anunciou recentemente para toda a empresa que para 2019 e 2021 estão sendo preparados três modelos totalmente elétricos, além de dois carros de alta performance que vão deixar a divisão da Polestar – uma das marcas da Volvo para alta performance – e serão incorporados a própria Volvo.

Quantos aos híbridos, a empresa notificou que eles poderão ser a diesel ou gasolina, conectados a um sistema elétrico de alta performance, conhecido como “mild-hybrid” e uma bateria de 48Volts.

O processo para a produção desses veículos irá seguir a linha de Arquitetura Modular Compacta, permitindo assim a customização dos veículos sem grandes alterações na produção.

“Esse anúncio marca o fim do carro movido por um motor somente à combustão” – Enfatizou Hakan Samuelsson – CEO da Volvo Car Group.

Junto com a notícia, o CEO do grupo complementou ser este é um grande passo para cumprir a meta da montadora que é vender um milhão de veículos elétricos até 2025 e que eles ainda querem ser a primeira marca a mover todo o seu portfólio para veículos sem a necessidade de combustíveis.

Como engenheiro elétrico posso dizer que a movimentação do Brasil, para variar, ainda está muito atrás da realidade de outros países desenvolvidos. Com o petróleo ainda tomando conta do nosso país (Petrobras), teremos um grande desafio elétrico (novos postos de abastecimento elétrico) a ser alcançado. Será que o nosso sistema tem capacidade para isso? Ou empurraremos com a barriga até que seja inevitável a instalação de recarregadores nas ruas? Essa são respostas que gostaria de ouvir do planejamento elétrico e estratégico do país.

Fique por dentro da nossa Categoria: Tecnologia e a nossa Tag: Carros Elétricos.

 

Comente aí ;)

Comentários

COMPARTILHAR
Luis Fernando é escritor e administrador no Papo de Nerd. Ele se concentra em física, ciência, tecnologia, games e séries. Luis tem bacharelado em Engenharia Elétrica e MBA em Engenharia e Manutenção, além de diversos cursos (incluindo cursos técnicos) voltados a área de engenharia e tecnologia. Apesar de trabalhar diversas horas por dia em sua vida cotidiana, consegue algum tempo para se manter atualizado e gerar bom conteúdo para o Papo de Nerd. Atualmente para o seu hobby, ele possui um Moto Z Play e um PS4 Slim.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.