O chefe de gabinete do Exército dos Estados Unidos falou no National Press Club (lá na capital do tio Sam) sobre o que ele deseja ter no tanque do futuro. O M1 Abrams (aquele que você adora explodir com as C4 no BF3 e BF4) está ativo a 40 anos e apesar de ser um dos melhores carros de combate do planeta, está na hora dele se aposentar.

Mark Milley não hesita em ser exigente: ele quer um tanque com tripulação reduzida, um modo de drone, um escudo de proteção ativo (um aparato já existente, o computador identifica o projétil vindo em direção ao tanque e dispara granadas para para-lo),  um sistema de blindagem mais forte, porém muito mais leve e por último, railguns!! Além de tudo isso, ele quer um veículo rápido e ágil.

m1-abrams
M1 Abrams, o atual carro de combate do exército americano.

Já existe protótipos de railguns (canhão elétrico) em testes por lá, mas equipar tudo isso em um carro de combate e exigir que ele seja ágil ainda parece ser impossível! O M1 Abrams na sua concepção pesava 58 toneladas com um canhão de 105 milímetros, hoje pesa 70 toneladas com um canhão de 120 milímetros. Embarcar toda essa tecnologia ainda exige um motor mais potente, o que adiciona mais peso.

Por outro lado, a solução seria justamente se essas tecnologias forem menores, um tanque do futuro equipado com railgun pode significar menos “gordura” e ainda prover mais poder de fogo, além de facilitar o seu transporte para os campos de batalha. Um carro de combate controlado remotamente pode também significar menos tamanho, já que não é necessário espaço para a tripulação.

t-14-armata-tank
O T-14, o mais novo tanque de guerra da Rússia.

Todo esse papo sobre o tanque do futuro foi uma resposta quando questionado sobre o T-14 Armata Tank, o novo carro de combate da Rússia. Mark disse que enquanto os EUA possuem um bom e sólido tanque de guerra, eles vão precisar de um novo veículo nos próximos 25 anos. Mas o exército americano tem passado por problemas financeiros para desenvolver seu novo carro de combate, eles já gastaram $18,1 bilhão de trumps tentando desenvolver um novo tanque, porém falharam e fecharam os programas sem ao menos por um protótipo para testes. Parece que ainda esperaremos um pouco mais para que isso saia do papel.

Comente aí ;)

Comentários