Não temos dúvidas que a tecnologia 4K veio para ficar, mas também sabemos que está longe de ser amplamente utilizada no mundo todo, inclusive analistas dizem que para 2019 está prevista 50% de utilização nos EUA e 35% no restante do mundo. Fato é que não podemos contestar a tecnologia, quem utilizou sabe quão monstruosa é a qualidade de imagem transmitida em 4K. Fissurado na qualidade, e também querendo mostrar poder de fogo, o canal do Youtuber Linus Tech Tips montou equipamentos para produzir essa tecnologia que equivale a 64 vezes a tecnologia de Full HD, um baita monitor 16k. Veja então, Youtuber monta PC monstruoso para rodar 16K.

Youtuber monta PC monstruoso para rodar 16K

Utilizando 16 monitores de 4K (que deve ter ficado uma fortuna) foram organizados em uma bancada pela empresa IC Table. Cada monitor tinha 17 polegadas e era capas de exibir a resolução 4K em 60 quadros por segundo. A estrutura toda tinha 3 metros de altura mas era capaz de exibir esta resolução em 108 polegadas de tamanho.

Foram necessários 32 cabos para fazer a ligação até o computador, que iria sincronizar estas imagens.

Não deixando a desejar, o computador que tocava os 16 monitores continha como hardware:

  • Placa-mãe Rampage 9 Extreme Edition 10
  • Processador Intel Core i7 6900K
  • 32 GB de RAM DDR4
  • 4 Placas Nvidia P5000 ligadas em SLI

Você deve estar se perguntando, porque utilizar placas de linha profissional e não Gamer? Devido ao tamanho de dados a se processar, seria necessário muita memória RAM e as placas de linha profissional tem 16GB de VRAM cada uma.

Veja também: Como instalar um processador threadripper

Os sincronismos das imagens foram feitos através do QuadroSync 2, que utiliza uma tecnologia chamada Mosaic para sincronizar as imagens dos 16 monitores. Tendo em vista que a tecnologia 4K traz quatro vezes a full HD e a 8K, oito vezes a 4K, com uma resolução alcançada de 15.360 por 8.640 pixels – 132.710.400 pixels ao todo, em cada quadro, pode se considerar que a resolução 16K foi alcançada.

O Resultado

Apesar de todo o esforço, ainda faltou memória RAM. Pode parecer brincadeira mas os 32 GB da máquina mais os 64 GB de VRAM não foram suficientes. Apenas alguns jogos rodaram.

No Minecraft, o jogo rodou entre 40 e 50 quadros por segundo na resolução 16k. “Rise of the Tomb Raider” não teve a mesma sorte. O jogo rodou a 1 quadro por segundo, ficando impossível de se jogar – só o fato de ver a Lara Croft em escala quase que 1:1 já valeu a pena. Half Life 2 foi o jogo com melhor desempenho. Com uma boa estabilidade foi o melhor desempenho em todos os jogos. Civilization 5 também foi testado e apesar de todos os bugs (menus extramente pequenos), o jogo rodou a 20 quadros por segundo.

E aí, o que acharam desse pequeno experimento do Canal Linus Tech Tips? Tiro de canhão em formiguinha?

 

Comente aí ;)

Comentários

COMPARTILHAR
Luis Fernando é escritor e administrador no Papo de Nerd. Ele se concentra em física, ciência, tecnologia, games e séries. Luis tem bacharelado em Engenharia Elétrica e MBA em Engenharia e Manutenção, além de diversos cursos (incluindo cursos técnicos) voltados a área de engenharia e tecnologia. Apesar de trabalhar diversas horas por dia em sua vida cotidiana, consegue algum tempo para se manter atualizado e gerar bom conteúdo para o Papo de Nerd. Atualmente para o seu hobby, ele possui um Moto Z Play e um PS4 Slim.