Não sou muito de falar de política, até porque o cenário atual me causa ânsia. Hoje, perambulando pela internet, vi que está em pauta um projeto lei que pode proibir jogos, séries e filmes com símbolos religiosos.

Projeto lei que pode proibir jogos, séries e filmes

Se já não bastasse a algazarra em que estamos vivendo, onde muitas e muitas outras coisas importantes que devem ser encaminhadas na câmera dos deputados, o digníssimo sr. Deputado Marco Feliciano encaminhou uma proposta que altera a lei 8.069/90. Segue o texto:

Tendo em vista esse ponto de vista do art.1º, jogos como Assassin’s Creed, Outlast, Castlevania, Dante’s Inferno, Vampyr, Kingsman: O Serviço Secreto, A Vida de Brian, Hermanoteu na Terra de Godah e O Código Da Vinci seriam proibidos.

Apesar de ser um cristão protestante, e ter minhas crenças religiosas bem firmadas, creio que a câmera tem desperdiçado muito tempo com coisas inúteis e fictícias e deixado de lado coisas latentes que tem incomodado muito a sociedade como: falta de segurança, saúde entre outros temas a muitos anos falados.

A proposta do deputado vai além e em seu texto deixa claro a exigência aos cinemas, exposições, teatros e outros espaços de manifestações culturais, fixarem em lugar visível e de fácil acesso a classificação indicativa das obras exibidas. Um outro ponto também exposto é que a proibição da profanação de símbolos religiosos seria um dos métodos de se manter a moral e os bons costumes da sociedade.

Sei que recentemente tivemos aquele infeliz incidente onde uma criança foi utilizada em uma obra de arte terrível, mas creio que esse aspecto de pedofilia deva ser tratado de uma outra maneira, atingindo diretamente os transgressores da sociedade e não o público em geral que quer apenas uma boa jogatina.

Um outro ponta a tratar é que existem sim jogos que apelam para a utilização de simbologia tanto como referência como a profanação a estes, e apesar de ser contra esse tipo de prática – uma opinião particular – creio que o boicote de quem não apoia seja o suficiente. Os deputados devem se preocupar com o que a população tem desejo em geral, afinal eles são representantes do povo, e o que nós queremos vai muito além da censura para jogos, séries e filmes, vai diretamente a nossa necessidade atual e latente, sendo em suma: segurança, saúde e educação.

 

O PL L 8615/2017 do deputado ainda não foi votado e pode ser lido na íntegra aqui.

Veja mais itens sobre curiosidade aqui.

Comente aí ;)

Comentários

COMPARTILHAR
Luis Fernando é escritor e administrador no Papo de Nerd. Ele se concentra em física, ciência, tecnologia, games e séries. Luis tem bacharelado em Engenharia Elétrica e MBA em Engenharia e Manutenção, além de diversos cursos (incluindo cursos técnicos) voltados a área de engenharia e tecnologia. Apesar de trabalhar diversas horas por dia em sua vida cotidiana, consegue algum tempo para se manter atualizado e gerar bom conteúdo para o Papo de Nerd. Atualmente para o seu hobby, ele possui um Moto Z Play e um PS4 Slim.