Com a verticalização das construções, a necessidade de gerar energia através de vidros vem cada vez se tornando mais latente na sociedade. Com um prédio maior que o outro, os alunos e professores da Universidade de Princeton, nos EUA, observaram uma oportunidade para a criação de uma nova tecnologia capaz de gerar e reduzir o consumo de energia em um ambiente. Veja só como funciona:

Ultravioleta x Luz visível

Dentro dos espectros de luz, existem as luzes visíveis e as invisível, ambas são energia luminosa em forma de onda. Dentro da luz invisível esta a luz ultravioleta, ela é a fonte de energia responsável pelo funcionamento da janela. Portanto a janela gera energia para ela mesmo barrando o ultravioleta e deixando passar a luz visível.

O sistema é uma película muito fina que pode ser sobreposta as janelas existentes, facilitando assim a instalação. O projeto seria inviável se existisse a necessidade de trocar todas as janelas.

Uma outra utilidade do equipamento é a capacidade de ajustar a tonalidade (usa para isso a energia que absorve do ultravioleta), dessa maneira, consegue controlar a luminosidade que entra no ambiente aumentando assim a eficiência dos condicionadores de ar em até 40%.

“A luz solar é uma mistura de radiação eletromagnética composta de raios de ultravioleta, luz visível e energia infravermelha (calor). Queríamos que a janela inteligente controlasse dinamicamente a quantidade de luz natural e calor que pode entrar, economizando energia e tornando o espaço mais confortável.” informou o professr Yueh-Lin Loo.

janela inteligente capaz de gerar energia e melhorar a eficiência de condicionadores de ar em até 40%.
A janela inteligente tem a capacidade de barrar em até 80% a energia solar que entra utilizando a energia elétrica que é gerada por ela mesmo através dos raios UV.

Esse equipamento utiliza como princípio a tecnologia de semicondutores orgânicos, os hexabenzocoroneno (cHBC) – pois sua estrutura química pode ser modificada para absorver uma faixa estreita de comprimentos de onda.

Que equipamento interessante, não?  Você que ver uma tecnologia semelhante com vidros? Veja o documentário da Discovery abaixo: